Loading Softdesign

MVP no SoftDrops

Bruna Leite
por Bruna em 18/03/2019
3 minutos de leitura

O SoftDrops do dia 13 de março, realizado por Raphael Rodrigues, teve como tema o Mínimo Produto Viável, MVP. De forma descontraída e estimulando a integração e participação dos colegas presentes por meio de exercícios práticos, o analista de testes trouxe para a discussão o conceito de MVP, inspirado em uma palestra que assistiu no evento Scrum Gathering 2018.

O que é MVP?

O Mínimo Produto Viável é a versão mínima de um produto que possui as funcionalidades necessárias para que ele cumpra o objetivo para o qual foi planejado.  A partir do MVP, é possível testar a eficiência, usabilidade e aceitação no mercado, entre outras formas de validação do mesmo. Com tais dados em mãos, pode-se optar pela continuação do desenvolvimento para que o produto siga sendo aprimorado.

softdrops_mvp_05

Integração entre os colegas

Com o intuito de fixar conceitos e esclarecer dúvidas, Raphael propôs uma dinâmica aos colegas: dividiu-os em grupos de quatro a cinco pessoas para que trabalhassem na construção de um Mínimo Produto Viável. Antes disso, entretanto, solicitou que cada equipe expusesse em uma frase o conceito de MVP e que compartilhasse e discutisse suas ideias com o grande grupo.

A seguir, Raphael apresentou um estudo de caso sobre uma loja de varejo, com o objetivo de desafiar os colegas a criar um MVP para a loja online em questão. “Nós somos o time de desenvolvedores responsáveis pela parte final da venda, e precisamos criar uma funcionalidade que está sendo solicitada pela gestão da empresa”, explicou o analista de testes. Ela refere-se a um tipo de frete chamado ‘retira fácil’, que possibilita que o cliente possa buscar o produto adquirido via e-commerce em um ponto físico específico.

Raphael propôs que as tarefas fossem divididas em sprints, com time-box de três minutos. Os times discutiram a funcionalidade e tiveram mais dez minutos para criar um protótipo, detalhando o passo a passo do desenvolvimento. A partir disso, cada grupo foi convidado a apresentar sua proposta para as outras equipes.

Ao final do SoftDrops, Raphael salientou: “São soluções diferentes, simples, para resolver o mesmo problema e entregar valor. No contexto aplicado, o cliente tem um desejo que precisamos concretizar. O importante é solucionar, dentro do prazo estabelecido e levando em consideração o objetivo do MVP em questão”.

softdrops_mvp_02

soft_drops_03