PT | EN
Publicado dia 11 de outubro de 2022

Tipos de Design: Saiba Qual Deles Você Precisa

| Tempo de leitura 7 minutos Tempo de leitura 7 minutos
Tipos de Design: Saiba Qual Deles Você Precisa

Quando pensamos em Design, muitas vezes, as imagens que surgem em nossa mente são de objetos elegantes, grandes construções arquitetônicas, obras de arte futuristas e marcas globalmente conhecidas. Entretanto, o Design não diz respeito somente a formas: ele também está ligado à função e à experiência das pessoas.

No Desenvolvimento de produtos digitais, o Design aparece nas interfaces de aplicativos, sistemas e plataformas; e nas jornadas e experiências de uso. Você sabia que a área ainda apoia a concepção de soluções digitais e a sua comercialização?  

No artigo a seguir abordaremos conceitos de alguns tipos de Design, com o objetivo de esclarecer as variadas funcionalidades da área para que você possa optar pela mais necessária ao seu negócio.

In Design We Trust

São diversas as correntes e tendências que se propõe a conceituar o Design. No livro Design – História, Teoria e Prática do Design de Produtos, o autor Bernhard E. Bürdek ressalta que a vida da maioria das pessoas não é mais imaginável sem o design. “O Design nos segue de manhã até a noite: na casa, no trabalho, no lazer, na educação, na saúde, no esporte, no transporte de pessoas e bens, no ambiente público – tudo é configurado de forma consciente ou inconsciente”, define.

Para o autor, por meio de produtos nos comunicamos com pessoas e definimos grupos sociais. Para compreendermos essa ideia, basta pensarmos na Apple. Qualquer pessoa que tenha algum dispositivo da marca, acaba por pertencer a um determinado grupo social. Inclusive, a Apple utiliza-se dessa consciência para criar propagandas direcionadas, que conversam com esse público e fortalecem ainda mais o sentido de fazer parte de tal comunidade.

Já a definição de Tai Hsuan-An, autor do livro Design: conceitos e métodos, completa a de Bürdek, mas relaciona-se mais ao trabalho da pessoa designer: “Design é simplesmente a atividade profissional que envolve todo o processo de criação e desenvolvimento de produtos, com o fim de atender às necessidades da população em favor de uma vida melhor e mais prazerosa. Esses produtos são extremamente variados, em tamanho, função, utilidade, estilo, material, complexidade, quantidade e amplitude”.

Ou seja, o design tem como função dar forma às ideias e ser base para a criação de produtos e serviços que atendam às necessidades das pessoas. Mas afinal, quais são os tipos de design mais conhecidos no universo dos produtos digitais e qual sua importância na jornada de inovação?

Forma, Função, Experiência e Interface

O Design Gráfico está presente de forma muito visível em nosso dia a dia. Sua funcionalidade consiste em aplicar a arte do design em peças gráficas. Nesses projetos, a pessoa Designer cria soluções para materiais digitais e impressos, que serão utilizados em redes sociais, e-mail marketing, revistas, livros, embalagens, etc.

Para isso, é necessário ter conhecimentos em comunicação visual, textos, tipografia, cores, diagramação e softwares de edição de imagens como, por exemplo, Photoshop, Illustrator e Canva. O principal objetivo é organizar as mais diversas informações e passar uma mensagem que seja clara, útil e interessante para o público-alvo.  

O Web Design também é um dos tipos de design. Essa vertente está totalmente conectada ao universo da internet, com foco na criação de interfaces digitais para sites. Nessa área, conhecimentos em HTML e CSS são cruciais, afinal pessoas Web Designers são responsáveis pela criação de páginas on-line. Nesse sentido, criar interfaces de qualidade tem a ver com alguns fatores não estéticos, como o peso das imagens, que impacta em: velocidade de carregamento das páginas, e flexibilidade do layout, que diz respeito à responsividade dos sites.

Além desses, existem outros tipos de design focados em soluções digitais, importantíssimos para garantir a melhor usabilidade. Esse é o caso do UX Design. Quando falamos em User Experience (UX) trazemos para o centro do debate as necessidades dos usuários e dos negócios. Entre as responsabilidades das pessoas UX Designers está o entendimento sobre o usuário do produto, para melhor criação das jornadas de uso. Esse profissional ainda pode ter como responsabilidade a redação de textos explicativos que compõe a solução, área chamada de UX Writting.

Já quando o assunto é User Interface (UI), a preocupação central é criar as telas do produto digital. Nessa área, UI Designers ficam responsáveis por definir cores, tipografia, composição, Arquitetura da Informação, Design de Interação e Padrões de UI (iOS e Android) para que usuários usem os produtos de forma simples e intuitiva.

Pense Como Um Designer

Já percebemos que em nossa rotina somos impactados pelo design diariamente – tanto em produtos físicos quanto digitais – e que para os mais diferentes tipos de design existem as mais variadas formas de aplicação. Porém, uma área que nem sempre compreendemos é o Design Thinking. Muito mais que uma buzzword no mundo da tecnologia, essa abordagem pode ser uma excelente aliada para resolver problemas e tomar decisões importantes, que impulsionam a evolução dos negócios.

No livro Change by Design: How Design Thinking Transforms Organizations and Inspires Innovation, Tim Brown ressalta que o Design Thinking explora as capacidades que todos nós temos, mas que são negligenciadas pelas práticas mais convencionais de resolução de problemas. “O Design Thinking depende da nossa capacidade de ser intuitivo, de reconhecer padrões, de construir ideias que tenham significado emocional e funcional, de nos expressar em meios que não sejam palavras ou símbolos. Ninguém quer administrar um negócio baseado em sentimento, intuição e inspiração, mas confiar demais no racional e no analítico pode ser igualmente perigoso”.

Nos últimos anos, grandes empresas e startups adotaram essa abordagem em seus processos de criação, com a missão de aprimorar soluções e buscar inovação. O Design Thinking pode ser aplicado no desenvolvimento de aplicativos, sistemas e plataformas, e ​se você pensa em criar um produto digital certamente precisará utilizá-lo.

Entretanto, desbravar esse universo sozinho pode ser um risco. Afinal, a abordagem possui ferramentas e práticas específicas e que exigem conhecimento. Na SoftDesign, por meio do Design Thinking, resolvemos problemas apoiando-nos na forma de pensar do designer. Assim, buscamos compreender a perspectiva do usuário para testar ideias e garantir a criação de um produto ideal.

Design Is For Everyone

Mas não utilizamos somente o Design Thinking. O UX e o UI Design também nos apoiam de variadas formas em nossos serviços. Eles são o ponto de partida para investigar e compreender cenários, problemas e comportamentos. Por meio deles, levantamos hipóteses, aprimoramos processos, criamos soluções e transformamos ideias em produtos desejáveis.

  • Concepção: nesse processo criativo, utilizamos teorias e conhecimentos como Design Thinking, Design Sprint e Lean Startup para estabelecer os objetivos do projeto, planejar o desenvolvimento e definir o investimento.
  • Experimentação: colocamos a ideia da sua solução na mão de usuários para validar hipóteses e experiências. Assim, te ajudamos a economizar tempo e garantir segurança de investimento.
  • Desenvolvimento de Software: nosso time de produto possui conhecimentos em UX, UI e Pesquisa, o que nos permite criar soluções user-centered. Como resultado, entregamos aplicativos, sistemas e plataformas com excelente usabilidade.
  • Consultoria: para melhorar a experiência dos seus usuários, realizamos diagnóstico e implementação de soluções estratégicas com foco em User Research, User Experience e User Interface.

Agora que você já sabe quais são os tipos de design que precisam ser integrados no desenvolvimento do seu produto digital, preencha o formulário abaixo e converse com um de nossos especialistas. Juntos, podemos dar forma às suas ideias.

Vamos conversar?

Entre em contato e vamos conversar sobre seus desafios de TI.

Foto do autor

Pâmela Seyffert

Marketing & Communication na SoftDesign, Jornalista (UCPEL) com especialização em Gestão Empresarial (UNISINOS) e mestrado em Comunicação Estratégica (UNL). Especialista em comunicação e criação de conteúdo.

Quer saber mais sobre
Design, Estratégia e Tecnologia?