Web Summit 2021: o que esperar do evento de tecnologia

Tempo de leitura: 7 minutos

Depois de realizar a última edição da Web Summit em formato totalmente remoto, devido à pandemia de Covid-19, o evento retorna à cidade de Lisboa, entre os dias 1 e 4 de novembro. Ao longo desse período, líderes e pensadores mundiais irão reunir-se para prever cenários e debater soluções inovadoras. Com o objetivo de absorver essas tendências do universo tecnológico e do mercado global, a SoftDesign desembarca em Portugal para participar da conferência em busca de novos conhecimentos.

Em 2020, a Web Summit foi realizada em um modelo virtual, que reuniu mais de 100 mil participantes, incluindo expositores e palestrantes. Neste ano, a conferência volta ao palco da Altice Arena e já estão confirmados mais de 700 speakers. A organização do evento espera receber 1.250 startups, 1.500 jornalistas e 700 investidores, dispostos a refletir sobre o futuro da tecnologia e da sociedade.

#TrendingTopics

Inteligência Artificial, ferramentas de segurança e código aberto fazem parte da lista de assuntos que serão abordados pelos palestrantes de Ciência da Computação. A Web Summit pretende oportunizar o maior encontro de desenvolvedores do mundo (FullSTK), e irá reunir engenheiros e cientistas de dados para debater avanços e tendências no setor de desenvolvimento de software.

Sustentabilidade, o futuro dos transportes e Internet das Coisas são alguns dos temas que terão destaque na trilha de palestras sobre Auto/Tech, focada em veículos autônomos, mobilidade e IoT. Já na trilha de dados, os participantes terão acesso aos principais cientistas, analistas, hackers e engenheiros, responsáveis pela construção do mundo virtual e da modernização das empresas.

Redes sociais e marketing de conteúdo também ganham destaque na edição 2021. As palestras voltadas a essa temática irão abordar a privacidade do consumidor, o mundo digital, o processamento de dados para personalizar o atendimento ao cliente, e as ferramentas de anúncios — estratégias essenciais para desenvolver produtos e lançar campanhas mais criativas e eficientes.

Criatividade, experiência do cliente e diversidade serão temas específicos da Creatiff, trilha de design. Especialistas e pioneiros na área irão refletir sobre representatividade na indústria criativa, inclusão social e inovação no setor. Os palestrantes também terão o papel de refletir sobre o propósito e a missão das marcas e como elas influenciam no relacionamento com o consumidor, principalmente no mundo pós-pandemia.

Outros dois tópicos que merecem atenção e destaque são o trabalho remoto e o futuro da sociedade. Compreender como atrair talentos em um mundo de trabalho global e perceber como a produtividade tem sido administrada pelas pessoas colaboradoras serão assuntos centrais desse debate. Manutenção de uma cultura colaborativa e equilíbrio entre vida profissional e pessoal são temas que também não ficarão de fora das palestras, mesas redondas e master classes.

Who Hacks the World?

O diretor de tecnologia e vice-presidente da Amazon, Werner Vogels, é um dos destaques da lista de speakers da edição deste ano. Em sua palestra, o CTO, compartilha como a AWS evoluiu a sua operação e oferta de serviços para todos os cantos do planeta, tendo como base o Machine Learning e o Data Science. O time de palestrantes também é composto por Frances Haugen, engenheira de dados que denunciou recentemente o Facebook ao Senado dos Estados Unidos.

Haugen se define como uma “ativista da vigilância pública das redes sociais”. Na Web Summit, a ex-funcionária do Facebook, irá abordar assuntos de privacidade e segurança na internet, que comprovam a sua teoria de que a rede social está mentindo sobre a eficácia de seus esforços para erradicar o ódio, a violência e a desinformação.

Brad Smith, presidente da Microsoft, também irá palestrar no palco principal da maior conferência de tecnologia da Europa. Smith irá ressaltar a importância de dialogar sobre inclusão digital, sustentabilidade ambiental, privacidade, segurança e acessibilidade em sua palestra que questiona como podemos alcançar a igualdade digital em todo o mundo.  As disparidades em nossa sociedade também serão abordadas por Ayọ (fka Opal) Tometi, co-fundadora da plataforma digital Black Lives Matter, um dos maiores movimentos de protesto da história dos Estados Unidos.

Caçadores de Unicórnios

Siemens, Google, AWS, HUAWEI, The New York Times, Booking.com, Microsoft e SAP são algumas das empresas que estarão presentes nos pavilhões da Web Summit, em Lisboa. Além delas, estima-se que aproximadamente 700 investidores também circulem pelo evento em busca de novos negócios e parcerias.

Na lista de startups unicórnio que estarão presentes na edição 2021 estão Bolt, Deezer e Mambu. A caça por ideias de negócio disruptivas transforma o ambiente multicultural da conferência num cenário competitivo, que pulsa inovação e tecnologia de última geração. E, em busca de um investidor-anjo, startups apresentam pitchs com o objetivo de atrair olhares para os seus produtos e serviços.

Esse é o caso do Anexth, aplicativo desenvolvido em parceria com a SoftDesign, que facilita a vida do paciente ao minimizar a necessidade de deslocamento físico por demandas de saúde. A startup brasileira foi selecionada pela equipe de negócios do evento internacional e irá expor o seu produto digital no pavilhão que abriga as Startups Alpha (empresas em fase de pré-investimento).

O Anexth oferece uma experiência de usabilidade totalmente digital, desde a consulta médica até a compra de medicamentos. Por meio do aplicativo, o usuário pode administrar prescrições, laudos de exames e atestados, bem como entrar em contato com médicos e farmacêuticos. Tudo isso de maneira interativa, por meio de vídeo-atendimento.

Assista ao vídeo abaixo para saber mais sobre a parceria entre Anexth e SoftDesign.

O futuro da Tecnologia

Ao longo de quatro dias, líderes mundiais, startups e público irão dividir espaço e conhecimento no ecossistema tecnológico mais inovador da Europa. A conferência marcará o retorno de grandes eventos presenciais após a crise de Covid-19 e deve reunir na capital portuguesa aproximadamente 70 mil pessoas. Uma oportunidade única para absorver novos aprendizados, fazer networking, buscar evolução e debater sobre o futuro da tecnologia.

Se você quiser acompanhar a Web Summit em tempo real, siga nosso Instagram @softdesignbrasil. Compartilharemos os melhores momentos da conferência.

Sugestões ou críticas para nosso blog? Entre em contato pelo endereço mkt@softdesign.com.br.