Como criar um aplicativo?

Tempo de leitura: 5 minutos

Os negócios estão ficando mais digitais a cada dia. Por isso, muitas pessoas que nunca participaram de um projeto de desenvolvimento de software estão ingressando nesse mundo, e é comum ter curiosidade sobre como criar um aplicativo ou um sistema.

Por isso, vamos te contar como funciona esse processo aqui na SoftDesign.

1) Concepção do produto

Nós sempre começamos com um período de Concepção, que pode durar de quatro dias a quatro semanas. A concepção é dividida em três fases:

  • Ideação: é a fase na qual vamos discutir o modelo de negócio, a forma de rentabilização do seu produto ou a forma como seu aplicativo vai atingir os usuários. Nessa fase podemos fazer algumas pesquisas, protótipos e ainda usar Mapeamento de Personas e outras técnicas de Design Thinking. O objetivo é que antes de seguir para o desenvolvimento, você pense um produto viável em termos de mercado, ou seja, um produto desejado pelos usuários;
  • Estruturação: depois de idealizar o produto, vamos pensar sua estrutura: Quais funcionalidades ele deve ter? Quais tecnologias devemos usar? O objetivo é que você tenha um produto viável em termos de tecnologia;
  • Planejamento: nesse momento, vamos pensar em um planejamento de alto nível: Qual a estratégia de lançamento? Podemos lançar um MVP? Quais as ondas de lançamento? O propósito é que você tenha um produto viável em termos de negócio, considerando estimativas de investimento e prazo.

Para esse período usamos conhecimentos de Design Thinking, Customer Development, Lean Startup, Modelos de negócio e Negócios de plataforma, entre outros conceitos que são importantes para conceber um produto na sua totalidade, e não apenas pelo viés técnico.

2) Desenvolvimento ágil

Após a fase de Concepção, tem início o Desenvolvimento. Isso significa que uma Equipe Ágil de Desenvolvimento será designada para trabalhar junto com você, realizando ciclos de duas semanas chamados Sprints. Cada Sprint passa pelas seguintes etapas:

  • Dia 1 – Planning: juntos vamos planejar a Sprint (das duas semanas seguintes), definindo o objetivo e os itens que serão desenvolvidos;
  • Dia 14 – Review: a equipe vai mostrar uma nova versão do software. Juntos, vamos analisar os resultados dessas duas semanas de trabalho, e o seu feedback vai ser usado pela equipe para adaptar o trabalho das próximas semanas;
  • Dia 14 – Retrospectiva: a equipe vai discutir formas de melhorar o processo de trabalho, para qualificar as entregas.

3) Cocriação

O produto deve ser desenvolvido em conjunto: sua equipe junto da nossa. Um dos objetivos de trabalhar em Sprints é que você acompanhe o desenvolvimento do produto e tenha total transparência sobre o que está acontecendo.

As cerimônias de Planning e Review fazem com que você participe ativamente do desenvolvimento, discutindo com a equipe cada passo da evolução do produto.

Além de participar desses momentos, você vai poder acompanhar todo o trabalho da equipe e a evolução do produto por meio de uma ferramenta online, onde você pode também interagir com a equipe.

4) A equipe

A equipe que vai trabalhar com você será formada por Product Owner, Designer, Desenvolvedores, QA e Gerente de Projetos.

O Product Owner terá muito contato com você, pois ele será responsável por discutir todos os detalhes do produto e te ajudar a descrever os critérios de aceitação do mesmo. O Designer vai trabalhar no desenho de interface e também na evolução da UX – User Experience, enquanto os desenvolvedores escreverão o código e farão também os testes unitários do produto. Já o QA executará testes manuais e também desenvolverá testes automatizados para garantir que tudo está funcionando corretamente. E, por fim, o Gerente de Projetos vai te apoiar no acompanhamento dos seus objetivos: você quer fazer um lançamento de produto em 3 meses? O Gerente de Projetos vai te ajudar a traçar as estratégias de priorização para atingir essa meta!

Ficou interessado? Entre em contato conosco!