Trabalho Remoto X Trabalho Híbrido: entenda as diferenças

Tempo de leitura: 10 minutos

Em meio a polêmicas sobre os diferentes modelos de trabalho, incluindo pronunciamentos contraditórios de grandes figuras globais, é preciso esclarecer: o que é trabalho híbrido? O que é trabalho remoto? Quem escolhe o modelo de trabalho, a empresa ou a pessoa colaboradora? 

Ao contrário do que muitos dizem, trabalho híbrido não é sinônimo de trabalho remoto. Esses dois modelos possuem diferenças importantes sobre como as pessoas colaboradoras devem executar suas atividades e participar da empresa. 

Na SoftDesign, até 2019, nosso modelo de trabalho era presencial. Com a necessidade de isolamento social provocada pela pandemia de Covid-19, adotamos o modelo de trabalho em casa (home office) até o final de 2021, e nossa mentalidade adaptativa nos auxiliou nessa jornada. Agora, com o arrefecimento da pandemia e as mudanças da sociedade, nos tornamos uma empresa de trabalho remoto (remote-first), pois entendemos que é o modelo que mais apresenta vantagens às pessoas e à empresa – sem abrir mão, entretanto, da nossa sede física.  

O que é Trabalho Híbrido?

Dividir o tempo entre o escritório e outros locais físicos é o principal conceito do trabalho híbrido. As pessoas podem trabalhar da sede da empresa, de suas casas, cafés, bibliotecas, etc. Porém há um detalhe importante: nesse modelo de trabalho, o contratante determina dias específicos em que as pessoas devem comparecer ao escritório. 

Isso significa que se você trabalhar em uma empresa com modelo de trabalho híbrido, terá dias em que poderá escolher de qual local irá trabalhar, e dias em que deverá comparecer a sede para atividades específicas. Ou seja: é provável que você precise morar na mesma cidade da empresa (ou próximo a ela) para que possa frequentá-la. 

Algumas companhias indicam a participação das pessoas colaboradoras em determinados dias da semana; outras em determinadas semanas do mês; e há ainda aquelas que definem a presença física de acordo com a necessidade do trabalho em andamento. O fato é que a participação das pessoas na sede da empresa segue uma frequência e consistência. 

Os motivos elencados pelas empresas que adotam o trabalho híbrido são: 

  • O contato físico entre colegas é mantido, o que contribui para reforçar a sensação de time e de trabalho coletivo; 
  • A proximidade com a sede física fortalece o laço entre pessoa e empresa; 
  • A pessoa colaboradora desfruta de liberdade nos dias em que pode escolher de qual local trabalhar, ao contrário de companhias que adotam o modelo de trabalho presencial. 

É importante destacar que o modelo de trabalho pode estar relacionado à estrutura organizacional da empresa. No trabalho híbrido, pode-se entender que há uma coexistência entre hierarquia e horizontalidade, pois a decisão sobre o local de trabalho por vezes é do contratante, e por vezes é da pessoa contratada. 

O que é Trabalho Remoto?

A definição mais comum de trabalho remoto aproxima-se do conceito de anywhere office. As pessoas podem trabalhar de qualquer local físico, de acordo com a sua vontade, possibilidade e tempo. Isso significa que não há nenhuma obrigação, por parte da empresa, de comparecimento à sede física da mesma – que, muitas vezes, pode nem existir. 

Na prática, se você trabalhar em uma empresa de modelo remoto, poderá escolher seu local de trabalho todos os dias. Nesse caso, é possível morar em Minas Gerais e trabalhar para uma empresa do Rio de Janeiro; ou trabalhar para São Paulo e viver viajando por aí. O fato é que você precisará de locais com uma boa conexão de internet para realizar suas tarefas. 

Companhias que adotam esse tipo de trabalho afirmam que o sucesso do negócio está relacionado às atividades que as pessoas executam, e não ao local do qual são executadas. É claro que para adotar o modelo remoto, a empresa precisa fornecer uma infraestrutura específica, baseada em ferramentas digitais que possibilitem o contato on-line entre as pessoas e times. 

Os motivos elencados pelas empresas que adotam o trabalho remoto são: 

  • Acesso a uma maior quantidade e diversidade de profissionais, pois não existem barreiras geográficas; 
  • Maior qualidade de vida das pessoas colaboradoras, que podem utilizar o tempo que seria gasto com deslocamento para atividades pessoais; 
  • Economia financeira para a empresa (com a menor necessidade de manutenção de uma sede física) e para as pessoas colaboradoras (que não precisam realizar refeições próximo ao local de trabalho). 

No modelo de trabalho remoto, a estrutura organizacional da empresa é, comumente, horizontal. Responsabilidade e autogestão são características necessárias a todas as pessoas colaboradoras. Além disso, a relação de confiança entre os dois lados deve ser fortalecida. 

Quem escolhe o modelo de trabalho?

Teoricamente, as empresas. Mas acreditamos que o diálogo no momento de recrutamento e seleção de pessoas pode ser um aliado na escolha do melhor formato, tanto para a companhia, quanto para a pessoa colaboradora. Além disso, em mercados com poucos profissionais disponíveis – como é o caso da tecnologia – a vontade da pessoa pode se sobressair frente à dificuldade de contratação daquele tipo de profissional. 

É preciso salientar, entretanto, que existem motivos plausíveis para que a decisão sobre o modelo de trabalho seja da empresa: 

  • Existem trabalhos que não podem ser executados à distância, relacionados ao atendimento ao público ou até alguns tipos de manutenção de computadores, por exemplo; 
  • Há atividades que necessitam e se beneficiam da interação física entre as pessoas, como aulas práticas ou espetáculos artísticos; 
  • Existem empresas que não têm uma infraestrutura digital e on-line preparada para a execução do trabalho à distância. 

Nosso modelo é Remote-First + Coworking

Como mencionei no início deste artigo, a SoftDesign hoje é uma empresa remote-first. Em tradução livre, ‘remoto primeiro’ significa que todas as nossas interações – entre empresa e pessoas colaboradoras e entre os times – são primariamente remotas/digitais, o que garante a participação de todos.  

No remote-first, o trabalho ocorre sempre no digital. Por isso, nossas centenas de pessoas colaboradoras podem estar espelhadas pelo país e pelo mundo, e executar suas atividades diárias por meio de ferramentas on-line.  

Contudo, mesmo sendo uma empresa remota, nós não abrimos mão da nossa sede física, localizada no centro de Porto Alegre (RS – Brasil). Compreendemos que na realidade desigual do nosso país, infelizmente, nem todas as pessoas têm em casa um local de trabalho adequado: mesmo que forneçamos todas as ferramentas físicas para nossas pessoas colaboradoras, como computadores, teclados, mouses, cadeiras, etc. ainda é preciso dispor de um ambiente tranquilo e confortável para trabalhar remotamente com qualidade. 

Além disso, sabemos também que nossa sede está no centro da cidade, com fácil acesso a faculdades e universidades que, muitas vezes, são distantes das casas das pessoas – trabalhar no centro facilita tal deslocamento. E entendemos ainda que existem pessoas colaboradoras que gostam de frequentar a sede nos dias em que preferirem, para encontrar colegas e se relacionar com a empresa. 

Por isso, nossa sede física está aberta em formato coworking e é mais um local de onde o trabalho pode ser executado. Nossas pessoas podem reservar lugares diariamente, assim como nossos parceiros e clientes. As salas de reunião estão equipadas com câmeras e microfones para que o trabalho remoto aconteça favorecendo interações físicas e on-line. Ah, e o café está sempre quentinho para dar aquele gás na produtividade. 

Trabalho Remoto na sede da SoftDesign - SoftDesign

Pessoas colaboradoras trabalhando na sede da SoftDesign.

Por que escolhemos o trabalho remoto?

De acordo com Osmar A. M. Pedrozo, CEO da SoftDesign, o trabalho remoto nos possibilitou crescer, em média, 30% ao ano, nos últimos dois anos. Hoje temos pessoas trabalhando de diversas cidades do Brasil, e de países como Portugal, Eslovênia e Venezuela. E nesse processo, cresceu também a confiança entre pessoas colaboradoras e empresa. 

Algumas características intrínsecas a nossa essência nos permitiram optar pelo modelo de trabalho remoto, como: 

  • Somos uma empresa horizontal, na qual todas as pessoas têm autonomia, liberdade e responsabilidade. Isso significa que independente do papel, o diálogo é uma constante; 
  • Somos colaborativos, trabalhamos em equipe, com empatia, transparência e diálogo. Nossos desafios são enfrentados em conjunto e nossas conquistas são coletivas; 
  • Somos humanos, valorizamos a perspectiva humana em todas as nossas ações e decisões, prezando pela qualidade de vida das nossas pessoas colaboradoras. 

Estamos em constante transformação e evolução, pois queremos nos tornar cada vez mais uma boa empresa para trabalhar, aprender, conviver e viver. Acompanhamos o tempo presente e estamos sempre dispostos a nos adaptar. 

Se você gostou da nossa cultura, confira as nossas oportunidades e venha construir a Soft com a gente. 

 

Vagas da SoftDesign

Sugestões ou críticas para nosso blog? Entre em contato pelo endereço [email protected]