PT EN
Publicado dia 4 de outubro de 2022

O que esperar do Agile Brazil 2022 

| Tempo de leitura 8 minutos Tempo de leitura 8 minutos
Agilidade Inovação
O que esperar do Agile Brazil 2022 

O maior evento de agilidade do país está de volta. Após dois anos de encontros on-line, o Agile Brazil 2022 acontecerá novamente de forma presencial, nos dias 5, 6 e 7 de outubro, na cidade de Porto Alegre. O Centro de Eventos da PUCRS abrigará cinco salas de conteúdo e mais de cem palestras, que serão ministradas em português e inglês, também com tradução para libras. 

A SoftDesign é Patrocinadora do evento, reforçando o nosso compromisso com a agilidade e a evolução da área no país. Nossas pessoas agilistas estarão presentes, absorvendo conteúdos e contribuindo com a criação de novas perspectivas sobre os temas deste universo. 

Quer saber quais palestras dessa edição você não pode perder? Continue com a gente neste artigo.  

Trilhas e Keynotes

O Agile Brazil é organizado pela Agile Alliance Brazil, instituição sem fins lucrativos que tem como objetivo desenvolver a comunidade agilista do país. Justamente pela sua característica nacional, cada edição do evento ocorre em um estado, e em 2022 o palco será o Rio Grande do Sul.  

Neste ano, cada palestra da conferência pertencerá a uma das cinco Trilhas de Conteúdo: 

Além disso, todas farão parte de um dos três níveis – Inicial, Intermediário e Profundo – e serão ou do tipo Apresentação ou Mão na Massa. Com essas informações, que podem ser consultadas no aplicativo do evento, a pessoa participante poderá organizar o seu cronograma e aproveitar os conteúdos que mais lhe interessam. 

Vale salientar que os três dias de evento contarão com cinco Keynotes. Esses conduzirão palestras mais longas, de aproximadamente uma hora, e abordarão temas relacionados aos papéis que desempenham nas suas organizações. São eles: Rosanna Simbora, VP Digital Product & Innovation da Universal Musig Group; Cat Swetel, Director of Egineering no Nubank; Raphael Albino, Especialista em agilidade no Nubank, Lula Rodrigues, CTO na Escola 42 São Paulo, e Natália Frighetto, Enóloga dona da marca Lote Frighetto. 

Para conferir os dias e horários, acesse aqui o programa do evento

Práticas de Trabalho: da Ideia à Entrega

A primeira das cinco trilhas reúne momentos Mão na Massa que irão explorar diferentes ferramentas, como Kanban Game e Lightning Decison Jam. A capacidade das salas é de 60 pessoas, e é preciso chegar cedo para garantir lugar.  

Já entre as palestras, destaque para Extreme Agile: como a Coca-Cola revolucionou o lançamento de produtos, em que o co-founder da Knowledge 21, Marcos Garrido, & Fernanda Magalhães irão explicar como a empresa inovou ao utilizar sprints extremamente curtas para preparar o lançamento da sua primeira bebida alcoólica – reduzindo o tempo de produção de nove meses para incríveis quatro dias. 

Da mesma forma, vale a pena conferir a fala de Roberto Brasileiro, Agile Expert na CI&T, sobre Por que é tão difícil ser um Scrum Master de verdade dentro das empresas, em que as diferenças entre as tarefas de Gerentes e de Scrum Masters serão evidenciadas. O palestrante levanta a hipótese de que muitas empresas, ao buscarem por Scrum Masters, na verdade estão querendo contratar pessoas com características de Gerentes. 

Produtos e Negócios: Concepção, Design e Gestão

Se você quer participar de um workshop que reunirá conceitos de Design Thinking, Lean Startup e Métodos Ágeis para criar soluções inovadoras com tecnologias portadoras de futuro, precisa participar do Design Shot. Eduardo Meira Peres e Alessandra Guglieri, respectivamente CEO e Innovation Strategist da DB, conduzirão a experiência do tipo Mão na Massa que terá etapas de inspiração, ideação e implementação. 

Agora, se o seu interesse é pensar sobre a jornada de um negócio, pode conferir a palestra As 3 fases de uma empresa exponencial, de Evandro Silvestre. O CTO da Geofusion abordará as fases de Startup, Scale-up e Blitzscaling, destacando as principais métricas e os papéis que cada área da empresa tem em cada uma dessas fases. 

Por fim, vale citar a palestra Como Desenvolver o Pensamento Estratégico na Business Agility. Luiz Parzianello, founder da The Agile Business Owner Academy, afirma que esse é o modus operandi das empresas que mais se destacam na Nova Economia Digital, e vai explicar como desenvolver novas capacidades organizacionais que permitam acelerar o crescimento dos negócios e impactar positivamente todas as partes interessadas. 

Culturas de Trabalho: Pessoas, Times e Organizações

A terceira Trilha do Agile Brazil 2022 será uma boa opção para Team Leaders, já que contará com workshops sobre Modelo Big Five, Design Flow na Prática e Lego Serious Play. Ainda, Layse Vicente, consultora de Diversidade & Inclusão, e Diogo Rodrigues, Analista de Programas Institucionais na Mais Diversidade, convidam para uma experiência de inclusão para pensar sobre Os Impactos da Comunicação Não-Inclusiva nas Pessoas e para as Empresas

Já o Diretor de Business Agility for Americas da GFT Group, Manoel Pimentel, falará sobre o grande volume de investimento de empresas em transformações ágeis que, na verdade não trazem resultados para a organização, pois essas não têm capacidade de absorver a essência da agilidade e colher seus benefícios reais. The Naked Truth Behind Most of Agile Transformations será, nas palavras do palestrante, um relato “honesto, nu e cru” do que ele tem testemunhado em empresas ao redor do mundo. 

Por Lideranças mais Brown e menos Musk é o nosso último destaque da Trilha de Culturas de Trabalho. Gustavo Ayres Ferreira, Project Delivery Manager na ZBRA Solutions, falará sobre líderes que tem atitudes tóxicas e abusivas (e ainda assim são admirados, como Elon Musk), enquanto a agilidade prega por lideranças e gestão humanizada, com base em autoras como Brené Brown. Quais serão os caminhos para efetivamente centrar o desenvolvimento de produtos digitais nas pessoas? 

Mão no Código: Desenvolvimento de Software e Tecnologia

Para pessoas desenvolvedoras e testers entusiastas em agilidade, a primeira dica é participar do momento Mão na Massa Sustainable Development: Managing Technical Debt, com o founder da Refactory Joseph Yoder e a professora da Insper Graziela Tonin. Eles irão explorar elementos que facilitam a superação de desafios de arquitetura – esses podem retardar o desenvolvimento dos produtos, tornando-o não ágil. 

Já nas Apresentações, Jéssica Rodrigues e Antonio Castro falarão sobre Como Melhorar a Manutenção do Código através das Métricas de Qualidade. As pessoas desenvolvedoras da DB explorarão padrões e práticas que influenciam a escrita de bom código, como alguns princípios do SOLID que ajudam a garantir a saúde do código durante a sua evolução. 

Igualmente, vale a pena conferir Agile Testing Realmente Existe, do Senior Software Tester da Philips, Alan Voigt. Para ele, o contexto tradicional de desenvolvimento de software segue imperando nas práticas de testes e qualidade, e a ideia é desmistificar o assunto na palestra. 

Relatos de Experiência: sua História sobre Agilidade

A última Trilha do Agile Brazil chega para dar um tom mais próximo e impessoal. Diversas pessoas participantes irão compartilhar vivências com práticas de agilidade, seja na relação com clientes, nos métodos de trabalho ou na modernização de produtos. 

Aliás, esse último é o tema da Apresentação de Samuel Thome, Coordenador de Agilidade em Produtos Digitais da Globo, e Vanessa D’Aguiar, Enterprise Agile Coach na mesma empresa. A Agilidade Apoiando a Estratégia e A Modernização dos Produtos Digitais da Globo será um relato sobre o trabalho com agilidade, OKRs e cocriação em cima das experiências dos produtos Globo, como a globo.com, gshow, g1, ge, bbb e giga gloob. 

Finalmente, é importante assistir à palestra NUBLACKS Case: Como a Agilidade pode Influenciar a Pauta de Diversidade e Inclusão, na qual Priscila Nunes e Raphael Albino, do Nubank, abordarão insights e aprendizados que adquiriram adicionando agilidade em um grupo de afinidade de pessoas pretas em uma das maiores fintechs do mundo. Aliás, para os interessados nas pautas de Diversidade e Inclusão, a indicação é conferir a programação completa do evento, pois são muitas falas interessante para conferir. 

O Agile Brazil é nesta semana

Se você já garantiu ingresso para a próxima edição do Agile Brazil, é importante ler o Código de Conduta do evento. Assim,  contribuímos para a criação de um espaço respeitoso, seguro e inclusivo para todas as pessoas – mais de 800 participantes são esperados.

Caso você não possa comparecer ao evento, fique de olho no Instagram da @softdesignbrasil para acompanhar a nossa participação; e aguarde o próximo conteúdo do nosso blog com os melhores momentos do maior evento de agilidade do país.  

agile brazil agilidade agilistas método ágil
Foto do autor

Micaela L. Rossetti

Estrategista Digital, especialista em Marketing Digital e Branding. É graduada em Jornalismo (UCS), Mestre em Comunicação Social (PUCRS) e tem MBA em Gestão de Projetos (PUCRS). Especialista em Growth Marketing, Search Engine Marketing, Inbound Marketing e Content Marketing.

Quer saber mais sobre
Design, Estratégia e Tecnologia?