5 curiosidades sobre o Dia Mundial da Internet

Tempo de leitura: 5 minutos
Desenvolvimento de Pessoas
por em 14 de maio de 2020

No próximo domingo, dia 17 de maio, é celebrado o Dia Mundial da Internet. Esse ano, a data possui um significado ainda mais relevante. Em tempos de pandemia do coronavírus e de distanciamento social, é importante lembrar que, sem o avanço dessa tecnologia e o surgimento de ferramentas de comunicação online, não teríamos a oportunidade de exercer o trabalho remoto, e até mesmo de conversar com familiares e amigos que não podemos ver presencialmente neste momento.

A data comemorativa foi instituída em uma Assembleia Geral da ONU, sendo previamente conhecida como o Dia Mundial das Telecomunicações, o qual reforçava a evolução dos meios de comunicação. Para celebrar a data, separamos algumas curiosidades sobre o tema:

  1. 1. A Internet foi criada em 1969

O conceito básico da Internet surgiu em 1969, no contexto da Guerra Fria. A ARPANET, que interligava os laboratórios de pesquisa, era uma garantia de que as informações não iriam vazar em caso de ataques, visto que os pontos funcionavam de maneira independente. A popularização da Internet,  mais próxima como da que conhecemos atualmente, se deu apenas no final dos anos 1980 e início dos anos 1990, quando ela passou a ser utilizada para fins comerciais e com o surgimento da World Wide Web, criada pelo cientista e pesquisador inglês Tim Berners Lee.

  1. 2. O primeiro site da história ainda está no ar

Além de criar a World Wide Web, Berners Lee também criou o primeiro site da história em 1991, quando trabalhava na Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear (CERN). O info.cern.ch segue no ar e conta como o projeto aconteceu e também aborda seus detalhes técnicos.

  1. 3. A Internet tem guardiões

Financiada pelos Estados Unidos, a Internet Corporation for Assigned Names and Numbers (ICANN) possui um grupo de sete pessoas com cartões que, juntos, podem restabelecer a ordem na Internet. É claro que além delas existem inúmeras barreiras e protocolos de segurança que protegem os domínios. Entretanto, em casos extremos, eles seriam capazes de reiniciar o Hardware Security Module – dispositivo de emergência que restaura o protocolo de segurança da maioria dos sites.

  1. 4. A Internet tem o peso de um morango

Em 2011, o Daily Mail publicou que a Internet pesa apenas 50 gramas, o peso equivalente a um morango. Esse número seria o resultado do peso de todos os elétrons necessários para fazer a internet funcionar – o peso dos 75 a 100 milhões de servidores que a suporta – sem incluir os PCs. A estimativa da quantidade de energia gasta é de 40 bilhões de watts, o equivalente a 50 milhões de cavalos de potência.

  1. 5. Quase metade da população mundial ainda não possui acesso à Internet

De acordo com a  International Telecommunications Union (ITU), agência da ONU, até o final de 2018 cerca de 51,2% da população do planeta estaria utilizando a internet. Isso significa que, ainda que o acesso pareça fácil, é importante lembrar que muitas pessoas, principalmente de países pouco desenvolvidos, não têm como usufruir de toda a informação e recursos que estão disponíveis.

Use com consciência

Interessante, não é? Um longo caminho foi percorrido para que hoje muitas pessoas pudessem desfrutar dos benefícios da Internet e estar próximas, mesmo distantes fisicamente. Não há dúvidas de que ela contribui para o compartilhamento, a difusão do conhecimento ,enfim, para a evolução do ser humano.

Porém, todas as possibilidades da Internet devem ser exploradas com consciência. Lembre-se de sempre buscar informações em fontes confiáveis e de distribuir somente aquilo que você tem certeza da veracidade. Essa é a forma mais bonita de agradecer a todos que trabalharam para que a Internet se tornasse o que é hoje.

Fontes:

Canal Tech
Daily Mail
Folha
G1
Olhar Digital
TechTudo