Loading Softdesign

Encontro da Comunidade de Prática de Qualidade

Levy Marcelo G. Cunha
por Levy Marcelo em 16/05/2019
3 minutos de leitura

No dia 25 de abril, a Comunidade de Prática de Qualidade da SoftDesign se reuniu para compartilhar conhecimento por meio de duas palestras. Matheus Cardozo falou aos colegas sobre Automação Mobile com Calabash e Patrícia Gonçalves abordou o tema Camadas de Teste em Mobile. Confira o que foi explorado pelos QA’s nesse encontro:

Camadas de Teste em Mobile

Patrícia Gonçalves iniciou a sua palestra explicando que, ao separar os testes em camadas, torna-se mais fácil identificar a origem das falhas e realizar as correções de forma precisa e rápida. A QA esclareceu os tipos de testes existentes e suas diversas aplicações, além de destacar as seguintes estratégias para automatizar testes: Pirâmide de Testes Automatizados e Pirâmides de Testes Mobile. “Nesses casos, as pirâmides se equivalem e, dependendo da situação, podem até se complementar. Caso isso aconteça, é possível obter a seguinte disposição no topo: manual (com foco em teste exploratório), BDD, UI/Funcional, Instrumentado, Local e Serviço; e na base: unitário. No entanto, é preciso compreender o contexto de cada projeto, pois essa organização não é uma regra”, explicou.

Além disso, a QA esclareceu conceitos sobre testes locais – validação lógica de implementação de métodos; testes instrumentados – validação das interações com a tela simulando ações do usuário; testes funcionais – validação dos requisitos de negócio e UX; e BDD – validação de um cenário completo da jornada de usuário.

Automação Mobile com Calabash

Para encerrar o encontro, Matheus Cardozo esclareceu que o Calabash consiste em bibliotecas que permitem a execução de testes automatizados de interface em aplicativos móveis Android ou iOS, nativos ou híbridos.

O QA ressaltou que para utilizar o Calabash é necessário ter alguns requisitos no sistema, como Android SDK, Ruby e a Gema do Calabash-Android. Além disso, Matheus explicou que o Calabash Android interage com os aplicativos, mas também consegue se comunicar com o sistema operacional para realizar interações pontuais. “Boa parte das interações que os métodos do Calabash fazem são baseadas num objeto responsável por carregar o elemento onde se deseja fazer tal interação”, comentou.

Encontros da Comunidade

Periodicamente, a Comunidade de Prática de Qualidade da SoftDesign se reúne para fazer treinamentos, realizar discussões e assistir a palestras. Desta forma, nossos QA’s se mantêm atualizados e seguem se desenvolvendo, melhorando métodos de trabalho e entregando resultados qualificados. Para saber mais, fique de olho aqui no blog!

comunidade_pratica_qualidade2