Dojô online de testes unitários em JavaScript

Tempo de leitura: 4 minutos
Desenvolvimento de Software
por em 23 de julho de 2020

Estamos há quatro meses trabalhando em formato remoto em virtude da pandemia de coronavírus. Por essa razão, os encontros da Comunidade de Prática de Desenvolvimento e Engenharia de Software, previstos para acontecer presencialmente, foram colocados em stand by. Na segunda semana de julho, com a boa adaptação no home office, optamos por realizar um Dojô online.

Na ocasião, organizamos uma dinâmica para fomentar o conhecimento de algumas práticas de testes unitários em JavaScript. Eles fazem parte de uma das camadas de testes, que consiste em pequenos blocos de código para testar componentes isolados e independentes. Ou seja, utilizamos esse formato para conferir a exatidão de um código de software em sua menor fração.

O projeto que apresentamos aos participantes foi feito em React Native, que utiliza a linguagem JavaScript. Para realizar os testes, utilizamos a ferramenta Jest, além do StoryBook, para gerar os snapshots testados. Já para a camada de serviços, utilizamos o Nock para interceptar as chamadas feitas pelos serviços, o que nos permitiu respondê-las da melhor maneira.

testes_unitarios_em_javascript_1

Alguns participantes do Dojô.

Dinâmica do grupo

O evento ocorreu em dois encontros, realizados na plataforma Microsoft Teams. Inicialmente, apresentei os conceitos aos participantes, que discutiram o assunto em conjunto. Posteriormente, separamos o grupo em trios para realizar as atividades propostas. O modelo de projeto apresentado na ocasião foi versionado no Git e os colaboradores utilizaram o Visual Code com a extensão Live Share para realizar as atividades.

Cada grupo foi encorajado a escolher um dos dois conceitos expostos e colocar em prática o conhecimento apresentado. Por último, todos os participantes se reuniram novamente em uma única chamada no Teams para compartilhar as suas experiências e dar os feedbacks do exercício.

De maneira geral, o resultado do encontro foi bastante positivo, uma vez que os participantes conseguiram compreender e aplicar corretamente os conceitos. Além disso, os integrantes também tiveram a oportunidade de vivenciar a prática em um projeto real.

Próximos passos após o aprendizado

Para os times da SoftDesign, os momentos de troca e o compartilhamento do conhecimento têm um valor imensurável. Por essa razão, é tão importante que, mesmo no formato remoto, seja possível continuar aprendendo novos métodos, linguagens e tecnologias. A ideia, a partir desse Dojô, é discutir como viabilizar a os conhecimentos adquiridos nesse trabalho em projetos que já estão em andamento e utilizem uma tecnologia compatível.

Dessa forma, essa experiência positiva poderá ser disseminada entre os demais profissionais e irá, de fato, gerar mais valor. Isso ocorre pois os testes unitários podem garantir que problemas sejam descobertos o quanto antes, diminuindo a carga de retrabalho do desenvolvedor ao identificar possíveis erros e agilizando os feedbacks para correção.

Sugestões ou críticas para nosso blog? Entre em contato pelo endereço mkt@softdesign.com.br.