fbpx

vamos conversar?

Avaliação de Aplicativos: 3 dicas para garantir ótimas notas

Tempo de leitura: 9 minutos

O app do seu negócio finalmente foi lançado. Após meses de desenvolvimento, ele foi publicado nas lojas de aplicativos e já conta com os primeiros usuários. Para sua surpresa, inicialmente, poucas pessoas se interessam pelo produto; e, em algumas semanas, as primeiras notas começam a aparecer. Infelizmente, elas não são boas. Você sabe que a avaliação de aplicativos é importante pois impacta na imagem e reputação da sua solução. Você está devastado. 

A história acima é mais comum do que pensamos. Basta olhar as app stores para comprovar. Com a grande quantidade de aplicativos disponíveis, as avaliações de usuários se tornaram um fator decisivo para o download de novos produtos digitais. Você baixaria um app com reviews detratoras? 

Neste artigo, compartilharemos três dicas para garantir ótimas notas de usuários. Elas envolvem a concepção, o desenvolvimento e o lançamento de produtos digitais, e fazem parte da rotina de grandes startups e scale-ups. 

  1. 1. Dedique-se a Experiência de Usuário

Trabalhar User Experience (UX) significa criar um produto sob a perspectiva do usuário. Isso pode parecer óbvio, mas a verdade é que o exercício de pensar como alguém diferente de nós é desafiador.  

É essencial, primeiramente, entender quem é o usuário do aplicativo e como ele irá utilizá-lo no seu dia a dia. Lembre-se: você não é o usuário do seu produto digital. Vamos pensar em um app de notícias sobre o mercado tech, por exemplo, cujas personas são CEOs de grandes empresas. Será que eles irão abri-lo todo dia? Ou preferem receber notificações para acessar os conteúdos? Será que ficarão mais tempo online no período da manhã ou da noite? E será que estão dispostos a pagar por notícias exclusivas? 

Em seguida, é ideal traçar as jornadas dessas personas, definindo quais são os caminhos e pontos de contato com o produto. Se a persona seleciona a notificação para abrir o app, ela gostaria de fazer login ou preferiria acessar diretamente a notícia? Será que para o usuário desse produto, é importante ter um perfil com suas preferências ou ele prefere receber informações variadas? Será que um campo de busca para encontrar artigos sobre determinados assuntos é útil? 

Para responder a essas perguntas, só há um caminho: a pesquisa. Dedicar-se à experiência de usuário significa dedicar tempo à coleta e análise de dados. Para isso, utilize com seriedade técnicas de pesquisa qualitativa e quantitativa: formulários, entrevistas, observação e testes com protótipos são ótimas opções. Não esqueça de considerar as sutilezas de cada técnica para evitar distorções na pesquisa com vieses pessoais, opiniões ou preconceitos. 

Avaliação de Aplicativos - SoftDesign

Notas e comentários de usuários sobre problemas de usabilidade em app de e-commerce. Fonte: Google Play Store.

  1. 2. Crie um MVP para os early-adopters

Você está familiarizado com o conceito de Mínimo Produto Viável? O termo MVP define a mínima versão de um produto que possui os recursos suficientes para ser usado pelos primeiros clientes, com o objetivo de colher feedback para sua evolução. 

Hoje em dia, é comum liberarmos nas lojas de aplicativos MVPs e versões iniciais dos apps, para testar a adesão do mercado. Essa fase do produto, entretanto, pode ser uma das causas para receber más avaliações: o problema acontece quando um usuário exigente não entende que está usando uma versão inicial e espera um produto completo.  

A nossa segunda dica para garantir boas avaliações de aplicativos é, então, lançar o seu MVP focado no público certo. Todo produto digital tem um perfil de usuário específico, os early-adopters. Eles são as pessoas que têm tanto interesse na sua proposta de valor, que estão dispostas a conviver com o seu MVP inacabado. Elas vão ficar felizes ao descobrir sua solução antes de todo mundo, vão te dar dicas de como melhorar e ainda vão recomendar o produto para outros usuários. 

Pra conseguir isso, no entanto, é essencial traçar a sua persona early-adopter, e usar essa definição para decidir o que seu MVP deve conter. Outra estratégia possível é criar programas de beta-testing para identificar as pessoas interessadas em fazer parte do seleto grupo inicial de usuários. 

Por fim, vale lembrar que seu produto pode até ser um MVP inicial e incompleto, mas o seu serviço não pode ser. Por isso, desde o primeiro lançamento nas appstores, pense em como você vai prestar suporte, ajudar os usuários a resolver problemas e evitar que o estágio atual do seu produto se torne um problema de imagem. 

Avaliação de Aplicativo - SoftDesign (2)

Notas e comentários de usuários sobre problemas de funcionalidades em app da área financeira. Fonte: Google Play Store.

  1. 3. Aposte no Marketing de Produto

Sabe o que é pior do que ter péssimas avaliações de aplicativos? Não ter nenhuma. Um app sem nota ou comentário causa desconfiança nos usuários e indica a baixa aderência do produto ao mercado. 

Para conquistar os early-adopters é preciso trabalhar Product Marketing. Esse é o processo de apresentação do aplicativo à sua audiência, que inclui: definir o posicionamento, escolher o tipo de mensagem, e impulsioná-la por meio de canais específicos para converter novos clientes. Estamos falando sobre ter um olhar atento ao público-alvo, para criar um storytelling e pensar em como atingi-lo. 

Mais uma vez, é muito importante que exista conhecimento sobre os usuários e sobre tudo que se relaciona ao nicho de mercado do produto, para se certificar de que o posicionamento está sendo realizado da melhor forma. Será que faz sentido, por exemplo, publicar anúncios sobre um aplicativo de teleconsulta em um site de jogos para crianças? Ou então oferecer um trial de um app de edição de fotos em uma newsletter para pessoas advogadas? 

Essas perguntas têm respostas, talvez, óbvias. Mas o universo do marketing é muito complexo, pois envolve atração, desejos e necessidades de diferentes pessoas, além de inúmeros conhecimentos e técnicas. Contar com um especialista certamente fará diferença no lançamento do seu aplicativo ou de novas versões e funcionalidades. 

Avaliação de Aplicativos - SoftDesign (3)

Notas e comentários positivos em app da área de idiomas. Fonte: Google Play Store.

Avaliações A Favor Do Seu App

O êxito de um produto digital está nos resultados que ele traz para quem o utiliza. Dedicando-se ao usuário, às funcionalidades e ao marketing, as chances de criar um app de sucesso aumentam, pois ele será útil, usável, desejável e valoroso. Desta forma, as avaliações de aplicativos não serão um problema, mas sim um marketing favorável ao seu produto. 

Na SoftDesign, temos serviços que apoiam a criação de apps. Na Concepção, utilizamos técnicas de Design Thinking para pensar como um designer e, conduzindo pesquisas com usuários, estudamos a usabilidade para entregar protótipos e jornadas que considerem forma e função. No Desenvolvimento, trabalhamos com método ágil e times multidisciplinares que se concentram em Descoberta e Entrega, priorizando e construindo funcionalidades. Oferecemos ainda o Marketing de Produto, que pode se fazer presente por meio de um profissional no time de desenvolvimento, ou pela Consultoria, que se dedica a propor e executar estratégias de go-to-market.  

Entre em contato conosco. Juntos, garantiremos ótimas notas nas lojas de aplicativos.


Sugestões ou críticas para nosso blog? Entre em contato pelo endereço [email protected]

Foto do autor

Micaela L. Rossetti

Head of Marketing da SoftDesign, é graduada em Jornalismo (UCS), mestre em Comunicação Social (PUCRS) e tem MBA em Gestão de Projetos (PUCRS). Especialista em Growth Marketing, Search Engine Marketing, Inbound Marketing e Content Marketing.

Deseja receber novidades sobre

DESIGN, AGILIDADE e TECNOLOGIA?

SoftDesign